Quais os Perigos da Soja

SojaA Soja Que Conhecemos

 A soja é vendida para nós como um alimento super saudável. Até pra emagrecer ela parece promissora: tem uma glicemia consideravelmente baixa e uma boa quantidade de proteína. Mas o que diz a ciência independente e livre de interesses?

Bom, vou ser redundante aqui ao te dizer que a indústria investe dinheiro em publicidade pra te fazer querer comprar um produto, né?

Sempre que existem interesses financeiros exorbitantes, existe uma pequena possibilidade do financiamento de estudos científicos duvidosos e a manipulação da informação a fim de defender estes interesses.

Ou seja, existe uma pequena possibilidade de uma grande indústria investir dinheiro em pesquisas científicas favoráveis a ela.

Vamos então aos fatos sobre a soja e o que diz os estudos independentes, pra que você tire suas próprias conclusões.

Sobre a soja:

1 – A Soja é Riquíssima em Fitoestrógenos

Fitoestrógeno ou isoflavonas são moléculas que se assemelham ao estrogênio no nosso organismo. São ditas por aí como benéficas, porém existem estudos independentes que discordam. As isoflavonas funcionam como um pesticida, deixando os animais que consomem soja, inférteis!

Existem estudos que demonstram que as isoflavonas podem prevenir a ovulação e estimular o crescimento de células cancerígenas.   38 mg de isoflavonas por dia (menos do que o que tem em um copo de leite de soja), pode resultar em hipotireoidismo, letargia, constipação, fadiga e ganho de peso.

As isoflavonas causam problemas reprodutivos, infertilidade, doenças na tireoide e no fígado de cobaias, ratos, esturjões, codornas, ovelhas, porcos e macacos saguis.

Um estudo suíço em 1992 estimou que 100g de proteína de soja equivalem a uma pílula anticoncepcional. Um bebê alimentado com formula a base de soja pode chegar a ter a concentração de estrogênio equivalente a 5 pílulas anticoncepcionais por dia.

2 – A Soja é Riquíssima em Goitrogênicos

Goitrogênicos atrapalham a sua tireoide de conseguir a quantidade ideal de iodo. Mal humor, ganho de peso, fadiga, baixa resistência a gripes e resfriados, e por aí vai. em 1997 foi descoberto que o principal goitrogênico na soja eram as próprias isoflavonas.

3 – A Soja é riquíssima em fitatos e inibidores de tripsina

Se você já viu o artigos sobre arroz? sabe que esse é um dos problemas com o arroz integral, certo?  os fitatos atrapalham a absorção de minerais.  No caso da soja, apenas alimentos fermentados de soja tem os fitatos inibidos. Os inibidores de tripsina atrapalham a correta absorção de proteínas. Sem a quantidade necessária de tripsina, você pode ter problemas digestivos e intestinais também.

4 – Sobre a proteína isolada de soja:

farinha-de-soja

 

 

 

A proteína isolada de soja aumenta a necessidade de vitamina D, E, K e B12 e causa sintomas de deficiência dos minerais cálcio, magnésio, manganês, molibdênio, cobre, ferro e zinco.

Animais alimentados com proteína de soja apresentam pâncreas e tireoide aumentados e aumento de gordura no fígado, acredita? Ninguém diz isso né, porque será?

5 – Cerca de 90% da soja no Brasil é transgênica.

Existe não um,mas sim, um arsenal de estudos científicos ligando o consumo de soja transgênica a todos estes problemas acima. No geral, problemas relacionados aos níveis hormonais, fertilidade, toxicidade e saúde dos órgãos, incluindo uma taxa de mortalidade de 56% dos filhotes de cobaias.

Eu tou fora! E você?

Fato é que, eu não preciso de comer soja pra nada,  nem pra emagrecer nem pra manter meu peso ideal. Também ajudo uma série de pessoas a emagrecer sem precisar de soja divulgando uma dieta super saudável.

Pelo montante de evidências que vi, prefiro evitar mesmo. Eu não sei qual é a sua conclusão, mas te peço pra, no mínimo, adotar uma postura mais cética e científica em relação ao mundo.

Na dúvida, duvide!

 

Quais os Perigos da Soja
5 (100%) 1 vote

Receba GRÁTIS por email as melhores Dicas de como melhorar sua Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *